> início
> empresa
> produtos
> serviços
> financiamento
> dicas
> cotação
> fale conosco

 

 

Vocabulário de palavras tipicas na construção civil
A B C D E F G H I J L M N O P Q R S R T U V Z

A
ABRAÇADEIRA - é uma peça de ferro que tem como função segurar as vigas do madeiramento ou paredes.
ACLIVE - apresentação do terreno em subida, com relação à rua.
AFOGAR - colocar muita água na preparação da argamassa.
AGRIMENSURA - é a medição da superfície do terreno na qual o arquiteto irá se basear para o trabalho.
ÁGUA-FURTADA - é o espaço entre duas ou mais tesouras no telhado, caso haja janelas pode ser chamado também de mansarda.
ÁGUA-MESTRA - são os planos trapezoidais da cobertura dos telhados retangulares de quatro águas.
ALICERCE - base de alvenaria que fica sob o solo e tem como função sustentar a edificação.
ALMOFADA - comum em portas e divisórias, é a pintura, escultura ou trabalho de marcenaria feita em pequenas dimensões e emoldurada por filetes e reentrâncias.
ALPENDRE - normalmente utilizado em entrada de casas, é uma cobertura apoiada em pilar ou coluna.
ALVENARIA - pode ser de bloco ou de tijolos cobertos com argamassa, é aplicada em muros, paredes e alicerces.
ANTEPROJETO - é o resultado das primeiras linhas traçadas pelo arquiteto em busca de idéias
ARGAMASSA - é a mistura de cimento, areia e cal utilizada para assentar tijolos e revestir alvenaria.
ARQUITRAVE - viga de sustentação apoiada sobre as extremidades das colunas.
ASA - é a folha de uma dobradiça; o lado de uma construção.
topo

B
BALANÇO - é uma saliência projetada além da prumada da obra que não possui estrutura de sustentação.
BALAUSTRE - pequena coluna que serve como estrutura de sustentação de corrimãos e guarda corpos.
BANDEIRA - caixilho fixo ou móvel sobre janelas e ou portas que tem a função de aumentar a ventilação e luminosidade do ambiente.
BASCULANTE - modelo de porta ou janela que possui um eixo horizontal onde gira até atingir a posição perpendicular em relação ao batente ou esquadria.
BAY-WINDOW - é uma janela de três faces que fica saliente em relação à construção.
BITOLA - dimensionamento do diâmetro do aço, ferro ou madeira.
BOW-WINDOW - janela semicircular projetada além da construção.
BRISE - saliência colocada na fachada ou na lateral da edificação, na posição vertical ou horizontal, com o objetivo de impedir a ação direta do sol mantendo a mesma ventilação.
BRITA - nome dado ás pedras fragmentadas.
topo

C
CACHORRO - peça que dá sustentação aos beirais, pisos de sacadas e balcões.
CAIBRO - elemento com secção quadrada que sustenta ripas de telhados ou tábuas de assoalhos.
CAIXA DE ESCADA - é o espaço vertical delimitado para ser destinado à construção da escada.
CAIXILHO - parte da esquadria que sustenta o vidro.
CALAFETAR - vedar fendas, trincas ou defeitos surgidos na construção.
CALEFAÇAO - é o sistema de aquecimento utilizado para interiores.
CHANFRAR - cortar em diagonal os ângulos retos de um elemento.
CHAPISCAR - aplicar massa grossa em uma superfície, deixando-a áspera para facilitar a aderência do reboco.
CHUMBAR - fixar, com cimento, qualquer elemento à alvenaria.
CIMEIRA - viga ou trave colocada no ponto mais alto do telhado.
CLAPBOARD SIDING - tábuas de madeira sobrepostas que servem como revestimento externo de paredes.
CLARABÓIA - abertura situada no telhado e fechada por vidro, para levar ventilação e luminosidade aos ambientes.
COLUNA - em formato cilíndrico é um elemento de sustentação estrutural.
CONCRETO - resultante da mistura igual entre areia, cimento, pedra e água.
CONCRETO ARMADO - é o uso do concreto em armações de ferro.
CONTRAPISO - é uma camada de cimento e areia utilizada para nivelar o piso antes de receber o acabamento.
CORPO - parte de uma construção feita entre duas paredes paralelas.
CORTE - é um desenho que mostra detalhes internos como pé direito, divisões de ambientes, escadas, deixando de representar as paredes externas.
COTA - todas as medidas utilizadas em plantas arquitetônicas.
CUMEEIRA - arremate da finalização das telhas nos vértices da cobertura ou parte mais alta do telhado onde acontece o encontro das águas.
topo

D
DECK - piso em madeira ripada usada para circundar piscinas e banheiras.
DECLIVE - apresentação do terreno em descida com relação à rua.
DEMÂO - camadas de tinta ou outro líquido sobre uma parede.
DESATERRO - local de onde foi retirado grande quantidade de terra.
DESEMPENADEIRA - instrumento utilizado para aplainar a massa sobre a parede.
DESVÃO - espaço entre as telhas e o forro.
DOMO - cobertura translúcida no alto da construção, que oferece iluminação e ventilação natural.
DORMER-WINDOW - abertura ou janela sobre o telhado.
DRENO -sistema de dutos e tubos subterrâneos utilizados para escoar a água de terrenos alagadiços.
topo

E
EDÍCULA - construção aos fundos da casa que abriga área de serviço, dependências de empregada ou área de lazer.
ELEMENTO VAZADO - peça com aberturas que serve para ser colocada em muros, paredes e fachadas, tendo como objetivo a passagem de luz.
ELEVAÇÃO - representação gráfica de uma fachada sem perspectivas e profundidade.
EMBOÇO - é a primeira camada de argamassa nas paredes, feita com areia grossa e não peneirada.
EMPENA - paredes laterais onde se apóia o pau da cumeeira, quando o telhado for de duas águas.
EMPREITADA - obra que necessita da contratação de mais de duas pessoas.
ENQUADRAR - colocar o caixilho.
ENXAIMEL - conjunto de caibros ou estacas que sustenta as divisões das estruturas da casa.
ESCORA - arrimo de um elemento construtivo que não suporta a carga a ele dirigida.
ESPELHO D'ÁGUA - tanque decorativo que reflete o que está à sua volta, pode ser utilizado tanto em interiores quanto na parte externa da construção.
ESQUADREJAR - cortar em ângulo reto.
ESQUADRIA - qualquer tipo de caixilho, com janelas e portas.
ESTRUTURA - elementos que sustentam a casa e formam o seu esqueleto.
ESTUDO PRELIMINAR - é o estudo da viabilidade da construção e a solução para o anteprojeto.
ESTUQUE - massa à base de cal, gesso, areia, cimento e água, utilizada como revestimento em forros de paredes.
topo

F
FACHADA - faces da construção, conhecida como fachada principal (da frente) e fachada posterior e lateral (para as demais).
FILETE - moldura estreita conhecida como friso.
FIO - indicação para corte de peças cerâmicas, madeira, vidro e mármore.
FISSURA - trinca superficial no concreto ou alvenaria.
FOLHA - parte de portas e janelas que necessitam de dobradiças para se mover.
FOSSAR - ato de abrir fossas.
FRECHAL - viga que dá sustentação à tesoura do telhado.
FRONTÃO - arremate superior de janelas ou portas; vedação do espaço entre duas águas da cobertura; arremate triangular do encontro entre a parede e duas águas do telhado.
FUNDAÇÃO - idem ao alicerce.
topo

G
GABARITO - marcação feita de fios que determina os limites da obra e onde ficarão os pilares.
GAMBREL-ROOF - telhado com duas águas pequenas superiores e outras duas com maior inclinação.
GÁRGULA - cano recolhedor de águas pluviais acumuladas na calha.
GRANILITE - revestimento contínuo para pisos e paredes à base de argamassa de cimento e pó ou fragmentos de mármore.
GRANZER - madeira embutida no contrapiso na qual serão afixados os tacos ou as tábuas corridas.
GUARDA-CORPO - grade de proteção utilizada em sacadas, escadas, mezaninos.
topo

H
HABITE-SE - documento que libera a casa para habitação.
HIDRÓFUGO - produto que evita umidade da casa quando misturado à argamassa ou à tinta.
topo

I
IMPERMEABILIZAÇÃO - técnica que evita a penetração de água na construção.
IMPLANTAÇÃO - é a demarcação exata de todos os ambientes da casa dentro do terreno.
INCHAMENTO - aumento do volume de areia quando molhada.
topo

J
JIRAU - estrado ou laje onde possa circular sobre ele e abaixo dele.
JORRAMENTO - é a inclinação do muro ou parede com a espessura da base superior a do topo.
JUNTA - mais conhecida como junta de dilatação é aplicada no granilite e nos contrapisos para permitir que os elementos dilatam - se sem prejudicar o material.
topo

L
LADRÃO - é um canal de escoamento do excesso de água, encontrado em reservatórios e pias.
LAMBREQUIM - ornamento de madeira utilizado para arrematar forros e beirais.
LAMBRIL - revestimento de madeira ripada com encaixe macho-e-fêmea.
LANTERNIM - pequeno telhado sobre a cumeeira utilizada para proporcionar maior iluminação.
LENÇOL FREÁTICO - ponto de acumulação de águas subterrâneas.
LONGARINA - viga de sustentação que varia de acordo com o comprimento de uma estrutura, serve de apoio para escadas e pisos elevados.
topo

M
MACHO-E-FÊMEA - peça que possui duas extremidades na qual uma possui uma reentrância e a outra uma saliência.
MANILHA - tubo de barro de grandes dimensões instalado no subterrâneo para conduzir águas servidas.
MANSARDA - idem a água-furtada.
MÃO FRANCESA - elemento estrutural inclinado que serve para ligar um componente e um balanço à parede.
MASSA - argamassa comum utilizada para assento de tijolos.
MASSA CORRIDA - massa à base de PVA acrílico que prepara a superfície, deixando-a lisa, para ser pintada.
MASSA DESEMPENADA - massa aplicada com desempenadeira.
MASSA FINA - mistura de igual quantidade de areia fina, água e cal utilizada para rebocar paredes e muros.
MASSA GROSSA - mistura de areia, cal e cimento usada para chapiscar paredes e muros.
MEIA-ÁGUA - telhado com apenas um plano inclinado.
MEIA-PAREDE - paredes baixas usadas como divisórias ou construídas com meio tijolo.
MEIO-PISO - piso a meia altura que aproveita o pé-direito alto ou declive.
MEIO-TIJOLO - tijolo assentado pelo comprimento.
MEZANINO - piso intermediário que se volta para o inferior com pé-direito duplo.
MÓDULO - elemento de medida padrão.
MOSAICO - trabalho com pequenos pedaços de vidro, pedras coloridas ou cerâmicas encravados a base de estuque, betume ou cola.
topo

N
NEMBRO - plano de alvenaria situado entre dois vãos.
NICHO - cavidade na parede reservada aos armários, prateleiras.
NÍVEL - equipamento que verifica a horizontalidade de um terreno.
NIVELAMENTO - regularização de um terreno por meio de aterro ou desaterro.
topo

O
OBRA BRANCA - trabalho de carpintaria aparente.
OITÃO - parede lateral de uma construção situada sobre a linha divisória do terreno.
ORIEL-WINDOW - janela do pavimento superior que ocupa todo o pé-direito do ambiente.
ORIENTAÇÃO - posição da casa em relação aos pontos cardeais.
topo

P
PANO - extensão de paredes e muros.
PANO DE VIDRO - extensão plana em vidro.
PAREDE SOLTEIRA - parede que não chega até o forro.
PARAPEITO - proteção que chega até a altura do peito em locais altos.
PARTIDO - opção arquitetônica que atende fatores como topografia, clima, programa familiar entre outros aspectos.
PÁTINA - oxidação natural ou artificial que confere a uma peça ou superfície o aspecto envelhecido.
PÉ-DIREITO - altura da casa do piso ao teto.
PERFIL - representação gráfica do corte transversal ou horizontal de uma construção.
PERGOLADO - proteção vazada apoiada em colunas compostas por elementos paralelos.
PILAR - elemento estrutural vertical de formato quadrado.
PILASTRA - pilar de quatro faces onde uma delas está anexada à construção.
PILOTIS - conjunto de colunas que sustentam uma construção deixando o piso térreo com área livre.
PIVOTANTE - porta que abre tanto para fora quanto para dentro.
PLANO INCLINADO - rampa.
PRÉ-FABRICADOS - elementos moldados ou produzidos fora da obra e depois instalados.
PRUMO - barbante com peso utilizado para marcar as linhas onde os pilares serão erguidos.
topo

Q
QUEBRA-FOGO - anteparo usado diante de uma lareira.
QUIOSQUE - pequena construção em madeira e cobertura de fibras naturais utilizado em jardins e áreas de lazer.
topo

R
REBARBA - massa que escapa ao se comprimir os tijolos.
REBOCO - massa utilizada no revestimento de paredes.
RECUO - afastamento.
REDE - conjunto das tubulações hidráulicas e de gás.
REJUNTE - fechar as juntas de alvenaria entre os materiais de acabamento.
REQUADRAR - tornar quadrado ou retangular.
RESPALDAR - aplainar, alisar ou desempenar uma superfície.
RESPIRO - abertura que possibilita a ventilação em armários e depósitos.
RIPA - peça em madeira fina que sustenta elementos como as telhas.
RUFO - elemento que se encontra entre os pontos de encontro de telhados e paredes.
topo

S
SACADA - elemento arquitetônico que se projeta para fora das paredes.
SANCA - moldura colocada entre as paredes e os tetos.
SAPATA - é a parte inferior do alicerce, portanto a mais larga; peça de madeira sobre o pilar que suporta peso; peça em ferro colocada sobre a estaca para facilitar a cravação.
SARRAFO - tira larga de madeira.
SEIXO ROLADO - pedra arredondada usada em decoração ou arquitetura
SHED - em inglês significa alpendre, no Brasil é o telhado em forma de serra onde um dos planos é em vidro.
SHINGLE - cobertura feita com telhas de madeira.
SOBEJO - sobras de materiais.
SOLÁRIO - espaço destinado aos banhos de sol.
SOLEIRA - degrau que antecede o vão das portas.
topo

T
TALUDE - rampa inclinada de terra e coberta por grama, que funciona como muro de arrimo impedindo o desmoronamento do solo.
TERÇA - viga em madeira que sustenta os caibros do telhado.
TERRAÇO - ambiente descoberto anexo a uma construção em qualquer pavimento.
TERRAPLENAR - ato de preencher um espaço com terra até chegar ao nível desejado.
TESOURA - armação em formato triangular, no telhado, que vence grande vão sem o auxílio de paredes.
TIJOLO DE ESPELHO - tijolo assentado com a face maior à vista.
TIRANTE - viga horizontal das tesouras que concentra os esforços de tração; barra de ferro que absorve os empuxos laterais de paredes evitando que desmoronem.
TOPOGRAFIA - análise e reprodução gráfica do terreno incluindo aspectos de irregularidade.
TOSCO - trabalho de carpintaria que fica embutido e, por isso, não recebe bom acabamento.
TRELIÇA - armação de ripas de madeira cruzadas que funciona como divisória ou suporte para espécies vegetais.
TRENA - fita métrica para medir terrenos.
topo

U
UMBRAL - parte superior da porta.
UM TIJOLO - parede de espessura correspondente ao comprimento de um tijolo assentado no sentido da largura.
topo

V
VÃO - espaço reservado para a colocação de portas e janelas.
VÃO LIVRE - distância entre os pontos de apoio de uma cobertura.
VÃO-LUZ - abertura na parede.
VERGA - viga que apoia a continuação das paredes sobre portas e janelas.
VERNIZ À BONECA - aplicação de verniz com algodão para acabamento mais requintado.
VIGA - elemento estrutural no plano horizontal, que tem como função receber a carga da laje.
VIGIA - o mesmo que olho-mágico - pequeno orifício da porta por onde se espreita.
topo

Z
ZARCÃO - produto utilizado como primeira demão na pintura de peças metálicas para protegê-las contra ferrugem.
ZENITAL - iluminação vertical a partir de clarabóia ou domo.

topo



voltar ao topo

copyright Tijolão Materiais de Construção Ltda.
design : Q! Comunicação